segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

EU DEFENDO A CAÇASSÃO DEFINITIVA DA CNH PARA CRIMES DE TRÂNSITO!


EU DEFENDO A CAÇASSÃO DEFINITIVA PARA:

- REINCIDENTES DE ABUSO DE VELOCIDADE DE CATEGORIA GRAVÍSSIMA, QUANDO ESTA OCORRER 2 VEZES EM MENOS DE 1 ANO.

- DIRIGIR SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL EM QUALQUER NÍVEL DE PORCENTAGEM (LIMITE DE 0%), QUANDO ESTA OCORRER 2 VEZES EM MENOS DE 5 ANOS.

- REINCIDENTES DE AVANÇO SOB O SINAL VERMELHO OU FAIXA DE PEDESTRES QUANDO ESTA OCORRER 3 VEZES EM MENOS DE 1 ANO.

- QUANDO, EM QUALQUER DESTAS, HOUVER VÍTIMAS FATAIS, MESMO QUE SEJA A 1ª INFRAÇÃO.

HAVENDO A DETERMINAÇÃO DA CAÇASSÃO DEFINITIVA, SEM POSSIBILIDADE DE MANIFESTAÇÃO DE RECURSO EM NENHUM ESTADO DA FEDERAÇÃO.

PARA FLAGRANTE DE CONDUÇÃO DE VEÍCULO, COM A CNH CAÇADA DEFINITIVAMENTE, PENA MÁXIMA DE 15 ANOS DE CADEIA, EM REGIME FECHADO, COM CUMPRIMENTO MÍNIMO DE 2/3.

EM CASO DE ACIDENTES COM VÍTIMAS, NA CONDIÇÃO DE CAÇASSÃO DEFINITIVA DA CNH, OCORRENDO O FATO EM QUALQUER UMA DAS INFRAÇÕES CITADAS, PENA MÍNIMA DE 15 ANOS DE PRISÃO EM REGIME FECHADO COM CUMPRIMENTO TOTAL DA PENA E, HAVENDO MAIS DE UMA VÍTIMA, SERÁ ADICIONADO MAIS 15 ANOS PARA CADA, COM CUMPRIMENTO TOTAL DA PENA, POR UM PERÍODO MÁXIMO DE 50 ANOS.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Administração da CET - SP e PM - DESCASO

Após algum tempo sem escrever por motivos profissionais aproveito o dia de hoje para criticar a Administração da CET e a Polícia Militar de São Paulo, em especial a 4ªCIA do 21ºBPM da Capital.

Se já não bastasse nosso medíocre Código de Trânsito que em nada pune os criminosos motorizados espalhados por este país, ainda temos o fato de que, para termos nossos direitos preservados devemos criar uma verdadeira batalha para sermos atendidos.

Entre Maio e começo de Junho deste ano fiz ao menos 8 denúncias de estacionamento irregular e ocupação indevida da faixa de pedestres junto a CET e que não deu em nada. O fato se dava na Av. Zelina 926 onde, uma agência de automóveis colocava expostos veículos para venda. Todos os dias em que passei pelo local os veículos estavam em rampas com a traseira muito próxima, quando não ocupava, a faixa de pedestres e, para sinalizar o local, a agência colocava um cone, sempre em cima da faixa.

Em uma dessas passagens não me contive com a cena e voltei a praça onde sempre estava presente uma Base Comunitária da PM. Depois da reclamação feita a 2 soldados presentes na base fui obrigado a ouvir os mais diversos absurdos como eu ligar para a CET ou 190, ou então que eu fosse perguntar ao responsável da agência o porque de ele ocupar a faixa de pedestres com um cone ou que eu levasse o cone embora já que se encontrava na via pública. Resumindo, além de ter sido ignorado ainda fui incentivado a fazer justiça com as próprias mãos.

Em 06 de Junho, passando pelo local a situação continuava a mesma e mais uma ligação a CET fora feita. Passei por volta de 11:45 e retornando aproximadamente 2:30h depois a cena era a mesma ou seja, 2:30 se passaram e a CET não mandou ninguém. Neste mesmo dia tive a sorte de conseguir o telefone direto do DEC-VP responsável pela fiscalização da área. Chegando em casa liguei no número conseguido e conversei com o responsável que prontamente me atendeu e a partir deste dia o problema fora solucionado. De lá para cá os veículos permanecem a quase 1 metro de distância da faixa e não há mais cones sobre a faixa. Um detalhe interessante é que durante a reclamação o responsável ter me dito que as reclamações feitas através do 1188 da CET nunca chegaram ao seu conhecimento.

Como não poderia deixar passar um descaso desses acionei a Ouvidoria Geral do Município para prestar queixa contra a CET. Passados 30 dias chegou a carta de resposta conforme segue na transcrição abaixo:

OFÍCIO Nº 6256/2011 DE 07/06/2011 - OG 6224/2011

Reportamo-nos ao ofício em referência, que trata da reclamação do Senhor Sandro XXXXXXXXX XXXXXXXXX, residente a Rua XX AXXXXXX MXXXXX de LXXX, nºXXX - CEP XXXXX-XXX nos seguintes termos: "Munícipe solicitou fiscalização para estacionamento irregular de veículo na Av. Zelina, nº XXX, próximo a Igreja São José, protocolo C70XXXXXX de 06/06/2011. Cita que uma agência de automóveis estaciona seus carros irregularmente e até o momento qualquer providência foi adotada."

Em atenção a presente solicitação, informamos que as equipes operacionais do Departamento de Engenharia de Campo Vila Prudente/DEC-VP, desta Companhia, estiveram no local nos dias 15,16,17,21 e 22 de JUNHO/2011. Nestas ocasiões NÂO foram observados problemas de irregularidades de estacionamento junto ao estabelecimento de venda de veículos citado pelo reclamante. Entretanto foram efetuadas, nas proximidades do local, 03 (três) autuações e 8 (oito) remoções, principalmente relacionadas a estacionamento irregular junto a esquinas.

Acrescentamos ainda, que na Praça República Lituana, em frente a Igreja São José, existe base da Polícia Militar que regularmente efetua fiscalização na área.

Acrescentamos que a Ouvidoria Geral do Município está arquivando o processo acima e considera o caso encerrado.

ESTE É A FACE DA ADMINISTRAÇÃO MEDÍOCRE, MENTIROSA E VAGABUNDA DESTA CIDADE.
POR QUE O DEC-VP MANDARIA EQUIPES PARA RESOLVER UM PROBLEMA SOLUCIONADO 9 DIAS ANTES E A QUASE 20 DIAS DEPOIS DE MINHA PRIMEIRA RECLAMAÇÃO JUNTO AO 1188?
ESTA CLARO QUE A CET NÃO SERÁ PUNIDA PELO DESCASO E QUE O CORPORATIVISMO ENTRE AS INSTITUIÇÕES MUNICIPAIS ESTÁ SEMPRE PRESENTE.
A ADMINISTRAÇÃO DA CET É UM ANTRO DE MENTIROSOS E A OUVIDORIA GERAL DO MUNICÍPIO É SÓ MAIS UM CABIDE DE EMPREGOS.

COM RELAÇÃO A PRESENÇA DA BASE DA PM, ELA FORA RETIRADA ALGUNS DIAS APÓS EU RECLAMAR COM OS SOLDADOS. MOTIVO, UMA LOTÉRICA LOCALIZADA A 50 METROS DA BASE FORA ASSALTADA AS 09:00 DA MANHÃ. SE ELES NÃO DERAM CONTA DE EVITAR UM ASSALTO A 50 METROS QUEM DIRÁ FISCALIZAR UMA IRREGULARIDADE DE ESTACIONAMENTO A 150 METROS.

SE ALGUÉM ME MOSTRAR PROVAS DE QUE ALGUMA VEZ ALGUMA INSTITUIÇÃO MUNICIPAL TENHA CIDO PUNIDA PELA OUVIDORIA, POR QUALQUER QUE SEJA A RECLAMAÇÃO, EU RETIRO O QUE EU DISSE. DUVIDO QUE ISSO ACONTEÇA.

quinta-feira, 12 de maio de 2011

SÃO PAULO GANHA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE PARA REDUZIR ATROPELAMENTOS - CET SP

Em 2010, a cidade de São Paulo registrou 7.007 atropelamentos resultando na morte de 630 pedestres. Apesar de representar uma queda em relação ao ano anterior, esse número corresponde a 46,4% das 1.357 mortes em decorrência de acidentes de trânsito na cidade. Pesquisas mostram que o fator humano, relacionado a comportamento, é a principal causa de 90% dos atropelamentos. Se, por um lado, os motoristas têm certeza da sua impunidade, por outro, os pedestres, sempre apressados, atravessam em qualquer ponto, pois sabem que na faixa de travessia não têm preferência.

Para reduzir o número de vítimas fatais de acidentes de trânsito na cidade, a Prefeitura de São Paulo lança o Programa de Proteção ao Pedestre. A meta é reduzir entre 40% e 50% os atropelamentos e as mortes de pedestres até 2012.

A preocupação com as mortes relacionadas ao trânsito é mundial. A Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), realizada em março do ano passado, estabeleceu o período 2011‐2020 como a Década de Ação para Segurança Viária. Estudo realizado em 2009 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) registrou 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Se nenhuma ação for empreendida, o número de vítimas fatais em todo o mundo poderá chegar a 1,9 milhão até 2020. O objetivo da década é estabilizar e em seguida reduzir em até 50% o número de mortos e feridos em consequência dos acidentes de trânsito.

O balanço de acidentes fatais de trânsito da cidade de São Paulo aponta que, apesar de algumas áreas com grande densidade de pedestres concentrarem o maior número desse tipo de acidente, os atropelamentos ocorrem em todo o município. Além disso, 83% dos pedestres mortos estavam atravessando a rua, 10% estavam parados ou andando na pista e 7% estavam sobre a calçada.

O espalhamento geográfico e a análise das condições dos acidentes mostram que chegou o momento de atacar o problema de forma definitiva. A Secretaria Municipal de Transportes já vem adotando medidas para reduzir o impacto dos atropelamentos nas estatísticas. Além do programa Travessia Segura, durante o segundo semestre de 2010 foram sinalizadas 4.245 faixas de pedestres. Além disso, entre 2010 e março de 2011, foram implantadas 450 travessias iluminadas. Em 2011, a meta é iluminar 360 novas travessias.
Agora, com o Programa de Proteção ao Pedestre a idéia é criar uma cultura de respeito ao pedestre, utilizando uma ampla campanha educativa, reforçando a fiscalização e adotando algumas ações de engenharia.

ZONAS DE MÁXIMA PROTEÇÃO AO PEDESTRE

A principal estratégia da Secretaria Municipal de Transportes é a criação de Zonas de Máxima Proteção ao Pedestre (ZMPPs). As áreas onde os esforços serão concentrados representam 1% do território da cidade, mas respondem por 11,5% de todos os atropelamentos e são polos de concentração de pedestres.

Para implantar a campanha em 8 ZMPPs (Centro - região da Av. Paulista, Expansão, Santana, Brás, Penha, Lapa, Santo Amaro e Pinheiros) serão adotadas medidas educativas, de engenharia de tráfego e de fiscalização.

O Programa de Proteção ao Pedestre será lançado, inicialmente, no espaço compreendido pela região Centro - região da Av. Paulista, uma área de 14 quilômetros quadrados, semelhante à do município de São Caetano do Sul.

Nesta área, existem 300 cruzamentos semaforizados, sendo que 224 deles possuem estágio ou tempo exclusivo para travessia de pedestres. Nos outros 76 cruzamentos, as conversões dos veículos deverão ser realizadas de forma compartilhada, onde os condutores deverão respeitar a prioridade de passagem do pedestre. Nessa área, haverá mais de cem agentes de trânsito que atuarão em cruzamentos semaforizados e não semaforizados para orientar motoristas e pedestres. Abaixo, algumas das ações que serão implementadas para o programa:

-  Instalar 102 faixas de pano com os dizeres "Respeite o Pedestre";

- Atuação de 77 orientadores de travessia, que trabalharão das 9h às 15h, nos cruzamentos com maior densidade de pedestres nas áreas onde a campanha será iniciada. Algumas travessias que serão monitoradas pelos orientadores são: cruzamento das avenidas Ipiranga com São Luiz; da Av. São Luiz com as ruas Xavier de Toledo, da Consolação e Martins Fontes; da Rua Líbero Badaró com o Viaduto do Chá; das avenidas Brigadeiro Luiz Antônio com a Paulista; na Praça João Mendes (em frente ao Fórum); das ruas da Consolação com Maria Antônia; das avenidas São João com Ipiranga; da Av. Paulista com a Rua Pamplona e a travessia em frente ao Conjunto Nacional (na Av. Paulista); 

-  Apresentações da peça "O Céu Já Tem Anjos Demais" em escolas de Ensino Médio;

Presença de equipe de mímicos que irão se revezar nas travessias das ruas Líbero Badaró e Xavier de Toledo com o Viaduto do Chá das 9h às 15h nos dias 11, 12 e 13 de maio, indo para outros locais a partir do dia 16;

- Apresentações de equipe de "teatro na rua" na praça do Patriarca, na travessia das ruas Barão de Itapetininga e Conselheiro Crispiniano e no parque Trianon, indo para outros locais a partir do dia 16;

- Treinamento dos motoristas de ônibus, ônibus fretados, peruas escolares e de taxistas;

Dar prioridade educacional às instituições de ensino, entidades de atendimento a idosos e de pessoas portadoras de necessidades especiais, além de organizações empresariais existentes nas ZMPPs;

- Realização de palestras de educação de trânsito em empresas;

- Divulgar através dos programas educativos do CETET, inclusive em cursos de Ensino a Distância (EAD), e do trabalho em redes sociais, os conceitos e princípios que norteiam o Programa de Proteção ao Pedestre, priorizando as palestras, cursos de direção defensiva e de pilotagem segura para empresas situadas nas ZMPPs;

Promover o tema "Pedestre" no 3º Prêmio CET de Educação de Trânsito, concurso realizado em 14 categorias;

Colocar no ar o blog CET - Educação e Segurança no Trânsito, e abrir comunidades de discussão no Orkut.

Quanto às ações de engenharia previstas pela Secretaria Municipal de Transportes na região estão, entre outras:

Manutenção de 513 faixas de travessia de pedestres;

Implantação de 43 novas faixas de travessia;

Iluminação de mais 60 faixas de travessia;

Substituição de 63 semáforos de pedestres por equipamentos com contagem regressiva;

- Adequação dos limites de velocidade à segurança dos pedestres;

Implantação de 470 placas educativas "Na Conversão Prioridade Sempre do Pedestre".

Entre as medidas operacionais previstas no Programa de Proteção ao Pedestre, 108 agentes da CET irão operacionalizar os cruzamentos onde existem travessias que apresentam conflito ou necessidade de negociação entre veículos e pedestres, com presença efetiva nos cruzamentos das 7h às 20h. Policiais Militares do Comando de Policiamento de Trânsito também auxiliarão na implantação e fiscalização do programa.

No início da implantação do Programa de Proteção ao Pedestre, os agentes de trânsito irão orientar condutores e pedestres a respeito das regras de convivência. Após esta fase inicial, será iniciada a fiscalização de trânsito.

Companhia de Engenharia de Tráfego - São Paulo - 11/05/2011

NA TELA DE UM COMPUTADOR TUDO QUE SE DIZ É TUDO MUITO BONITO MAS NA PRÁTICA A REALIDADE É BEM DIFERENTE POIS COMO EU DISSE ANTERIORMENTE "A MAIORIA NÃO ESTÁ NEM AÍ COM A HORA DO BRASIL!"

POR MAIS QUE OS AGENTES SE ESFORCEM, A CET NÃO ATUA NA FORMA COMO DEVERIA, NENHUMA ADMINISTRAÇÃO DÁ A DEVIDA ATENÇÃO AS VERDADERIAS NECESSIDADES DA CIDADE E DE SEUS AGENTES QUE, SÃO POUCOS PARA UMA CIDADE DO TAMANHO DE SÃO PAULO.

E TUDO ISSO POR QUE? SIMPLESMENTE PORQUE SEU PRESIDENTE, DIRETORES, GERENTES, OU SEJA, OS QUE NÃO SABEM O QUE É A REALIDADE DAS RUAS E SÓ CONHECEM AS MESAS E CADEIRAS DE SEUS GABINETES, NÃO SÃO CONCURSADOS MAS SIM PESSOAS DE CONFIANÇA (?????) DO PREFEITO E NINGUÉM QUESTIONA CONHECIMENTO TÉCNICO PARA OCUPAREM TAIS CARGOS.

EXEMPLO CLARO DISSO FOI A PÉSSIMA ADMINISTRAÇÃO DE ALEXANDRE DE MORAES, ADVOGADO E JURISTA (ADMINISTRANDO TRÂNSITO E TRANSPORTE?????), ADMINISTROU A CET E A SPTRANS, INVENTOU AS DESCULPAS MAIS ESFARRAPADAS POSSÍVEIS E CONSEGUI APROVAR A QUASE QUE PLENA EXTINSÃO DE UM SERVIÇO COM MAIS DE 30 ANOS NA CIDADE: FRETAMENTO POR ÔNIBUS, FAZENDO COM QUE A MAIORIA DA POPULAÇÃO ABSORVESSE A IDÉIA DE QUE O ESPAÇO DAS RUAS É DOS CARROS. INSATISFEITOS, ESTA MESMA ADMINISTRAÇÃO COMEÇOU A PERSEGUIR OS CAMINHÕES, OS VILÓES DA VEZ.

MUITO SE FEZ PARA MULTAR ESTES DOIS VILÕES FICTÍCIOS ENQUANTO A FROTA DE VEÍCULOS AUMENTAVA DESORDENADAMENTE SEGUIDA DE UM SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO CADA VEZ PIOR.

RESUMINDO, ENQUANTO SE DEIXOU OS OLHOS VOLTADOS PARA 2 VILÓES FICTÍCIOS DO TRÂNSITO, OS VEÍCULOS PARTICULARES, MAIORES RESPONSÁVEIS PELOS CONGESTIONAMENTOS, ATROPELAMENTOS E OUTRAS BARBÁRIES, PASSAM IMPUNES AOS OLHOS DA LEI.

E QUE GARANTIA DE QUE TUDO QUE A CET PUBLICOU COM RELAÇÃO A PROTEÇÃO AO PEDESTRE SURTIRÁ REALMENTE EFEITO? NENHUMA.

PRIMEIRO PORQUE ATÉ AGORA NÃO ENTROU NINGUÉM EM SUA ADMINISTRAÇÃO QUE REALMENTE ENTENDA AS VERDADERIAS NECESSIDADES DE SEUS AGENTES E DA CIDADE. FALTA CONHECIMENTO TÉCNICO DAS PESSOAS QUE OCUPAM OS CARGOS GERENCIAIS.

SEGUNDO PORQUE A PREFEITURA VIROU EMPRESA, NÃO QUER GASTAR, FAZENDO ECONOMIA COM NOSSO DINHEIRO, ARRECADADO DOS DIVERSOS E ALTÍSSIMOS IMPOSTOS QUE PAGAMOS. ELA ECONOMIZA NA CET DEIXANDO DE CONTRATAR MAIS AGENTES OU INSTALAR EQUIPAMENTOS ADEQUADOS PARA COIBIR OS ABUSOS NO TRÂNSITO. ECONOMIZA NA SPTRANS, DEIXANDO DE COLOCAR MAIS ÔNIBUS PARA ATENDER A POPULAÇÃO, DEIXANDO DE CRIAR NOVAS LINHAS, NÃO DEIXANDO AS EMPRESAS DE ÔNIBUS TRABALHAREM. SEM DEIXAR DE FALAR QUE AS EMPRESAS ENTRAM COM O BOLO E A PREFEITURA COM A CEREJA PORÉM ESTA, COME A MAIOR PARTE DO BOLO SOZINHA.

TERCEIRO, PORQUE POR MAIS QUE SEJA VERDADE QUE HAVERÁ FISCALIZAÇÃO SUFICIENTE PARA PROTEGER A INTEGRIDADE DO PEDESTRE, AINDA FALTAM PENAS DIGNAS DE SEREM RESPEITADAS. COMO EU DISSE VÁRIAS VEZES NOSSAS PENAS PARA INFRAÇÕES E CRIMES DE TRÂNSITO SÃO UMA PIADA DE MAL GOSTO.

NA CIDADE DE SÃO PAULO PELO MENOS, É MELHOR VOCÊ DIRIGIR BÊBADO DE QUE SER MOTORISTA DE ÔNIBUS FRETADO JÁ QUE PARA A 1ª OPÇÃO, SE VOCÊ FOR FLAGRADO, NÃO PAGARÁ NEM R$ 1.000,00 ENQUANTO PARA A 2ª OPÇÃO, SE VOCÊ FOR FLAGRADO DENTRO DA ZMRF, O MOTORISTA TEM QUE PAGAR NADA MENOS QUE R$ 2.500,00 DE MULTA.

RESULTADOS EM TUDO ISSO QUE A CET ESTÁ PROPONDO? POSSO ESTAR ENGANADO MAS, VOU MORRER E NÃO VOU VER.

SÓ ESPERO NÃO MORRER EM ACIDENTE DE TRÂNSITO OU ATROPELADO, JÁ QUE SOU MOTORISTA PROFISSIONAL E PEDESTRE CORRO OS DOIS RISCOS NESTA CIDADE.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

POSTADO NO BLOG DE UM GUERREIRO

Apesar do esforço descomunal da CET e de seus funcionários ao longo dos anos é necessária a sua reestruturação, esta deve ser feita com investimentos significativos para a contratação de mão de obra em todos os seus seguimentos especialmente na operação, é necessario investimento tecnológico ,aprimoramento profissional e por fim melhor aproveitamento de seus valores com politicas motivacionais e pró ativas poís apesar do crescimento da frota veicular grandioso muito pouco se investiu nos ultimos anos e a sobrecarga em seus funcionários é gigantesca.Para se ter uma idéia a CET SP pussui em torno de 2000 agentes de transito mais 1600 policias , estes da CET divididos em 5 turnos para cuidar de uma frota de 7 milhões de veiculos. Dividindo-se este montante em 9 areas de atuação, GTs 1,2,3,4,5,6, Zona Azul, DFO (Departamento de Fiscalização de Obras) e T E (Transportes Especiais) , estes divididos em 5 turnos. Com isso se da uma idéia do quadro reduzido em comparação com outras metropoles do mundo. Um exemplo disto é o do efetivo da Cidade do México onde com uma frota de 4 milhões de veículos, 3 a menos que aqui, estes possuem 15 mil agentes, em NY são 7000 mais 40 mil policiais que atuam efetivamente no trânsito, como em Londres 7500 e grande parte da cidade é monitorada por cameras operadas por agentes de onde se pode efetuar ficalização livremente e assim sucessivamente, entretanto estas cidades possuem no minimo em sua maioria o dobro em metro e linhas ferroviarias das que possuimos em SP.
Relato concebido da fusão de materias fornecidas pela CET aos veiculos de comunicação de imprensa dos mais variados

Autor : Alexandre Trindade - POSTADO EM 09/11/2009.


http://porquesaopaulopodeparar.blogspot.com/

DE 2009 PARA CÁ, A FROTA PAULISTANA TEVE UM AUMENTO ABSURDO PORÉM, A QUANTIDADE DE AGENTES NA CET NÃO SE ALTEROU. SE HOUVE ALGUMA MUDANÇA PEÇO AO AMIGO ALEXANDRE TRINDADE QUE ME CORRIJA.
COM O AUMENTO NA FROTA, SEGUE DESENFREADAMENTE A IMPUNIDADE E O DESRESPEITO AS LEIS DE TRÂNSITO E PARA ISSO NOSSOS FUNCIONÁRIOS (PREFEITO, VEREADORES, DEPUTADOS ESTADUAIS) POUCO SE IMPORTAM.

A PREFEITURA DE SÃO PAULO NÃO É MAIS UMA PRESTADORA DE SERVIÇOS A SUA COMUNIDADE COMO DEVERIA SER. AGORA ELA É UMA EMPRESA, PREOCUPADA EM CORTAR GASTOS, EVITAR CUSTOS, ELA VISA LUCRO. ELA QUER ECONOMIZAR UM DINHEIRO QUE NÃO É DELA MAS SIM, PROVENIENTE DOS IMPOSTOS QUE PAGAMOS ANTES PARA RECEBER PELOS SERVIÇOS DEPOIS. E NÃO RECEBEMOS.

O KASSAB AINDA TEM A CARA-DE-PAU DE FORMAR UM NOVO PARTIDO. SERÁ QUE ELE ACHA QUE AINDA GANHA PARA ALGUM CARGO PÚBLICO NESTA CIDADE?
SE GANHAR ESTÁ COMPROVADO, O BRASILEIRO PAULISTANO NÃO TEM VERGONHA NA CARA.

BRASILEIRO - MARGINAL POR NATUREZA?

ENTENDE-SE POR MARGINAL TODO CIDADÃO QUE VIVE AS MARGENS DA SOCIEDADE E QUE DE UMA MANEIRA OU DE OUTRA NÃO QUER CUMPRIR AS REGRAS VIGENTES PARA O CONVÍVIO EM SOCIEDADE.

TODO AQUELE QUE VIVE INSISTENTEMENTE DESCUMPRINDO AS REGRAS DE TRÂNSITO E ESTÁ SEMPRE VIOLANDO A LEI TAMBÉM DEVE SER CONSIDERADO UM MARGINAL. NO CONCEITO AMERICANO PELO MENOS É ASSIM QUE FUNCIONAM AS COISAS.

FAZENDO UMA PESQUISA NA INTERNET A RESPEITO DE ABAIXO-ASSINADO, CONSEGUI VISUALIZAR UMA QUANTIDADE QUASE INFINITA DE POSTAGENS SOBRE ABAIXO-ASSINADO PARA RETIRADA DE RADARES, CRITICANDO RADARES ESCONDIDOS ENTRE OUTROS.

ABRI 1 OU 2 PÁGINAS PARA VER A MATÉRIA, FATO QUE CHEGOU A ME CAUSAR NÁUSEAS POIS ATÉ DEPUTADO CHEGOU A SE MANIFESTAR CONTRÁRIO AOS RADARES E COGITANDO A POSSIBILIDADE DE ASSINAR UM ABAIXO-ASSINADO CASO HOUVESSE ALGUM.

QUEM SE PREOCUPA COM RADAR ESCONDIDO SÃO AQUELES QUE NÃO QUEREM CUMPRIR AS REGRAS POIS, SE TODOS CUMPRISSEM NÃO HAVERIA A NECESSIDADE DO USO DO EQUIPAMENTO.

ME ENOJA VER A QUANTIDADE DE MARGINAIS QUE PUBLICAMENTE, POIS O ACESSO A INFORMAÇÕES NA INTERNET É ABERTA, CRITICAM A EXISTÊNCIA DE EQUIPAMENTOS QUE CAUSARIAM DANOS UNICA E EXCLUSIVAMENTE A ESTES CRÍTICOS CASO NÃO CUMPRAM AS REGRAS.

O CTB JÁ NASCEU DEFICIÊNTE, AS LEIS VIGENTES ESTÃO ULTRAPASSADAS E AS PENAS RIDÍCULAS. NOSSAS POLÍCIAS DE TRÂNSITO EM TODOS OS ÂMBITOS, MUNICIPAIS, ESTADUAIS E FEDERAL ESTÃO FALIDAS EM MATÉRIA DE CONTINGENTE E EQUIPAMENTOS ENQUANTO MUITOS, DENTRO DE SEUS GABINETES  E NAS CORPORAÇÕES GANHAM RIOS DE DINHEIRO PARA NÃO FAZEREM ABSOLUTAMENTE NADA PARA MELHORAR A SEGURANÇA EM NOSSAS VIAS E AS CONDIÇÕES DE TRABALHO DE AGENTES E POLICIAIS DE TRÂNSITO.

APARENTEMENTE QUEM GANHA COM ISSO É A IMPRENSA JÁ QUE TODOS OS DIAS MILHARES DE PESSOAS CHEGAM EM CASA DEPOIS DE UM DIA DE TRABALHO E ABREM SEUS JORNAIS OU LIGAM SEUS TELEVISORES PARA ASSISTIREM DE CAMAROTE A DESGRAÇA ALHEIA. E MUITOS DOS QUE LÊEM OU ASSISTEM, SÃO OS PRÓPRIOS MARGINAIS QUE SEGUEM CONSTANTEMENTE A COLOCAR A VIDA E A INTEGRIDADE DE OUTROS EM RISCO.

ESTE É SÓ UM DOS EXEMPLOS DO PORQUE O BRASILEIRO SER MAL VISTO NO EXTERIOR. AONDE ELE VAI LEVA CONSIGO PROBLEMAS, CAUSA DESORDEM POIS, NÃO SABE OU NÃO GOSTA DE CUMPRIR REGRAS.

PARA ESTES QUE CRITICAM A FISCALIZAÇÃO, POR QUE NÃO PEGAM UM AVIÃO E FAÇAM UMA VIAGEM DE FÉRIAS ATÉ A AUSTRÁLIA. TENTEM DIRIGIR LÁ COMO VOCÊS DIRIGEM AQUI, FAÇAM O TEXTE E DEPOIS CRITIQUEM O SISTEMA DELES. QUEM SABE GANHEM UMA ESTADIA GRATUÍTA PELO RESTANTE DE SUAS FÉRIAS, NA CADEIA.

CAROLINA DO NORTE - APLICAÇÃO DA LEI SOBRE DWI (NÍVEL DE ÁLCOOL NO SANGUE)

 

CONDENAÇÃO MULTA PRISÃO REVOGAÇÃO OU SUSPENSÃO
1ª OFENSA MIN: N/A
MÁX: $2.000,00
MIN: 24 Hrs.
MÁX: 2 Anos
MIN: N/A
MÁX: 1 ANO
2ª OFENSA MIN: N/A
MÁX: 1 ANO
MIN: 7 DIAS
MÁX: 1 ANO
MIN: N/A
MÁX: 4 ANOS
3ª OFENSA MIN: N/A
MÁX: $2.000,00
MIN: 14 DIAS
MÁX: 2 ANOS
DEFINITIVA
4ª OFENSA MIN: N/A
MÁX: N/A
MIN: 1 ANO
MÁX: 3 ANOS
DEFINITIVA

Para a 1ª ofensa após 30 dias pode-se solicitar uma Permissão com privilégios limitados. Obrigação de cumprir 24 horas de serviço comunitário.

Para a 2ª ofensa não será fornecida Permissão com privilégios limitados caso a 2ª venha a ocorrer dentro de um prazo de 7 anos da data da 1ª.

Para a 3ª ofensa a revogação da Licença será permanente se pelo menos uma das condenações anteriores ocorreu dentro de 5 anos.

Para a 4ª ofensa a revogação de Licença será permanente. É considerado
um delito grave se as 3 condenações prévias de DWI ocorreram nos últimos 7 anos. Passível de confisco do veículo por parte do Estado.

QUANDO DIGO QUE NOSSAS LEIS SÃO UMA PALHAÇADA, UMA COMÉDIA DE MAL GOSTO PARA RIR DA CARA DAS VÍTIMAS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO E DE SUAS FAMÍLIAS, CAUSADOS POR MOTORISTAS EMBRIAGADOS E DROGADOS NÃO ESTOU ERRADO.

AÍ ESTÁ UM MODELO DE PUNIÇÃO EXEMPLAR E QUE O BRASILEIRO TINHA QUE SENTIR NA PELE O SEU EFEITO.

NA TABELA ACIMA, OS DADOS ONDE SE APARECE N/A SIGNIFICA NÃO HAVER UM VALOR PRÉ-DETERMINADO POIS QUEM DETERMINARÁ ESTES VALORES SERÁ O JUIZ ENCARREGADO PELO PROCESSO.

Pedestres são as maiores vítimas do trânsito em SP, diz pesquisa

Maioria de acidentes ocorre no fim de semana e com pessoas alcoolizadas.
Foram mais de 600 pedestres mortos no ano passado só na capital paulista.


Do G1 SP, com informações do Bom Dia Brasil


video



O trânsito de São Paulo vitimou 1.357 pessoas no ano passado, aponta uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (20) pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Os acidentes ocorrem quase sempre nas mesmas situações: no fim de semana, de noite e com motoristas alcoolizados.
As maiores vítimas são os pedestres: foram 630 mortos em 2010 só na capital paulista, segundo dados da Secretaria Municipal de Transportes. Em seguida vem os motociclistas, com 478 vítimas. A maior parte dos acidentes acontece no fim de semana, especialmente na noite de sábado e madrugada de sábado para domingo.
“A bebida alcoólica, a droga, a fadiga e o sono são os fatores principais que vão desencadear esses acidentes de fim de semana, que são gravíssimos”, explica Dirceu Rodrigues Alves, diretor da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet).
A Secretaria de Transportes afirma que tem investido em câmeras de monitoramento de trânsito, placas de sinalização e faixas de pedestre, além de diminuir e padronizar a velocidade em ruas e avenidas importantes, movimentadas e onde os acidentes fatais não são raros. No Corredor Norte- Sul, por exemplo, o limite de velocidade foi reduzido de 80 para 70 km por hora.
“Todas as cidades do mundo onde há um programa efetivo e eficiente de redução do número de acidentes e mortes no trânsito fizeram um estudo e uma readequação para baixo da velocidade máxima permitida por dois motivos. Primeiro, porque você reduz a possibilidade de acidente. O tempo fica mais adequado à reação. A segunda questão é que, havendo um acidente, ele tem um potencial de gravidade muito reduzido. É significativamente menor quando você reduz dez quilômetros por hora, por exemplo, nessa velocidade máxima”, reforçou o diretor da Abramet.
Na briga pelo tempo e pelo espaço, a pressa acaba mandando. “Em São Paulo é complicado ser motorista e também é complicado ser pedestre. As pessoas acabam infringindo a regra, fazendo do carro como se fosse uma arma”, disse o músico Rafael Lima.
“Ninguém respeita ninguém. Os motoqueiros sempre são os culpados, e os motoristas sempre são os bonzinhos”, opinou o motoboy Ronaldo Cândido Oliveira. Quem enfrenta as ruas pedalando sabe dos riscos que corre. “Tem de ter coragem”, afirmou a diarista Maria Cristina da Silva.
Os números apontam para uma cidade com trânsito violento, muito distante do que espera o público que vive na cidade. “É muito violento, não tem o mínimo de respeito por ninguém. Minha neta saiu da escola, o carro não buzinou, não deu sinal e passou em cima do pezinho dela. Ela está com o pé mancando”, lamenta a manicure Amália Francisca dos Santos.
Ainda em São Paulo, em algumas vias movimentadas eles estão proibidos de circular, mas parece que só isso não está sendo suficiente. “Como melhorar essa relação motociclista-motorista? Primeiro, tentando acabar com nossa impunidade generalizada que temos em relação ao trânsito; segundo, melhorando nossa habilitação tanto de condutores de veículos como de motos; terceiro, fazendo campanhas para todos: pedestres, motoristas e motociclistas. Nós temos condições de ter um trânsito muito mais seguro do que temos até hoje”, afirma o presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos, Ailton Brasiliense.
Na capital paulista, as marginais Tietê e Pinheiros são as que concentram o maior número de acidentes de trânsito com mortes. E é no Centro da cidade que acontece a maior parte dos atropelamentos com mortes.


direitos da matéria: Globo.com

MUITO BOA A MATÉRIA DA GLOBO PORÉM MUITO BLA BLA BLA.

SE FALOU NA REDUÇÃO DE VELOCIDADE EM CERTAS VIAS PORÉM NADA SE COMENTOU A RESPEITO SOBRE A FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SOBRE QUEM EXCEDER OS LIMITES DE VELOCIDADE.
TAMBÉM SE FALOU SOBRA A COLOCAÇÃO DE MAIS FAIXAS DE PEDESTRES PORÉM NADA SE COMENTOU A RESPEITO DE SE INSTALAR MAIS PARDAIS PRÓXIMO A ESSAS FAIXAS AFIM DE COIBIR A PARADA SOBRE A FAIXA DE CONTENÇÃO E A PASSAGEM SOB O SINAL VERMELHO.

AO INVÉS DE SE GASTAR DINHEIRO PÚBLICO COM CAMPANHAS INÚTEIS, PORQUE A MAIORIA "NÃO ESTÁ NEM AÍ COM A HORA DO BRASIL", NÃO SE GASTA COM EQUIPAMENTOS E POLICIAMENTO DE TRÂNSITO EFICAZ A FIM DE SE FISCALIZAR E PUNIR OS MARGINAIS MOTORIZADOS ESPALHADOS PELO PAÍS?

FALTA DE CAMPANHAS EDUCATIVAS O KCT...O QUE FALTA É FISCALIZAÇÃO, PENAS MAIS DURAS COMO A SUSPENSÃO POR PRAZO INDETERMINADO OU A CAÇASSÃO DEFINITIVA DA CNH, CADEIA E MULTAS QUE REALMENTE FAÇAM VALER A PUNIÇÃO COMO O PESO DE UMA MARRETA.

terça-feira, 19 de abril de 2011

AÉCIO NEVES TEM CARTEIRA DE HABILITAÇÃO APREENDIDA EM BLITZ NO RIO

Senador se recusou a fazer o teste do bafômetro e apresentou uma CNH vencida

17 de abril de 2011 | 12h 36
 
O senador e ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB-MG) se recusou a fazer o teste do bafômetro e apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida em uma blitz da Lei Seca, na madrugada deste domingo, na Avenida Bartolomeu Mitre, no Leblon, na zona sul do Rio. De acordo com o Governo do Rio, o político mineiro se recusou soprar no aparelho que determina a concentração de bebida alcoólica no organismo, por meio da análise do ar exalado dos pulmões da pessoa. Em seguida, ele apresentou a CNH vencida e o documento foi apreendido. O político mineiro foi multado em R$ 957,70 por recusar o bafômetro e em R$ 191,54 pela habilitação vencida.
 
De acordo com a assessoria do senador, ele pagou um taxista para dirigir sua Land Rover até o prédio onde mora no Rio, localizado a poucos quarteirões da blitz e evitou a apreensão do carro, que, segundo sua assessoria, é seu há anos. Segundo os agentes, o senador foi liberado, pois não apresentava sinais de embriaguez. O ex-governador terá que se dirigir ao Detran-RJ para pagar a multa e renovar a CNH antes de voltar a dirigir. Em nota, a assessoria de imprensa do senador disse que o bafômetro não foi realizado "uma vez constatado o vencimento do documento de habilitação e providenciado outro motorista para condução do veículo".

Ainda segundo a assessoria, o senador não sabia que a habilitação estava vencida, pois dirige apenas aos finais de semana. A nota informa que o político tucano tinha saído da casa de amigos e voltava com a namorada para sua residência no Rio, no Leblon, quando o carro do casal foi parado em uma blitz. Ele foi reconhecido desde o início pelos agentes que o trataram educadamente, segundo assessores do político. A assessoria encerra nota afirmando que "o senador cumprimentou a equipe policial responsável pelo profissionalismo e correção na abordagem feita aos motoristas durante a blitz". Aécio passou o dia deste domingo no Rio, mas não quis falar com a imprensa.
O artigo 277 do Código de Trânsito Brasileiro estabelece que a recusa do motorista em fazer o teste do bafômetro é considerada uma infração gravíssima. As punições administrativas são recolhimento da CNH e perda de sete pontos, retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado, além da multa de R$ 957,70. O prazo mínimo para a retirada da CNH é de 5 dias. No entanto, Aécio Neves deve demorar mais para voltar ao volante, pois antes terá que renovar a habilitação vencida.
Em fevereiro, o jogador de futebol Adriano se recusou a fazer o bafômetro em uma blitz e teve a carteira apreendida. Ele também chamou um amigo para conduzir o veículo e evitou a apreensão do carro. No ano passado, o ex- jogador de futebol e deputado federal Romário usou o mesmo expediente para evitar que o carro fosse rebocado depois que se recusou a soprar no bafômetro. O cantor Toni Garrido, o ator Eri Johnson e as atrizes Priscila Fantin e Camila Rodrigues fizeram após recusar o teste.


Pedro Dantas, de O Estado de S. Paulo
 
ESTÁ AÍ MAIS UM EXEMPLO DE QUE EU COSTUMO DIZER: "POLÍTICO NÃO DÁ EM ÁRVORES NEM CHOCAM DE OVOS. SIMPLESMENTE ELES SÃO A CARA DO POVO QUE ELES GOVERNAM POIS, ANTES DE POLÍTICOS ELES PERTENCIAM AO POVO. POLÍTICO NÃO VIRA CORRUPTO, ELE JÁ É CORRUPTO ENQUANTO CIDADÃO, A ÚNICA DIFERENÇA É QUE DEPOIS ELE TEM NAS MÃOS O PODER."
 
POR ISSO, DIFICILMENTE AS LEIS DE TRÂNSITO NESTE PAÍS ENDURECERÃO POIS, POUCOS QUE CHEGAM AO PODER TEM VERGONHA NA CARA PARA QUERER MUDAR ESTE PAÍS. A MAIORIA JÁ BURLAVA A LEI ENQUANTO CIDADÃO E COM O PODER NAS MÃOS SÓ TENDEM A FICAR PIORES.
 
PARA MIM, A MATÉRIA FOI UMA DECEPÇÃO POIS, SEMPRE TIVE NO AÉCIO, A IMAGEM DE UM POLÍTICO SÉRIO E CORRETO. INFELIZMENTE ACHO QUE ERREI...MAIS UMA VEZ!
 
DIREITOS DA MATÉRIA: ESTADÃO.COM.BR

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Destak Jornal – São Paulo

 

'Guerra do trânsito' mata 370 mil em dez anos
Publicado em 14/04/2011

Maior alta é entre motociclistas; 'se nada mudar, até 2015 teremos um massacre', diz autor do estudo

De 1998 até 2008, os acidentes de trânsito mataram 370 mil brasileiros, segundo dados do Mapa da Violência 2011, divulgados ontem pelo pelo Instituto Sangari.


O número traduz a guerra que toma conta das ruas das cidades do país e que só se intensifica. Nesse período de dez anos, o número de mortes em acidentes com carros, motos, bicicletas e outros cresceu 24%.


Na comparação com conflitos armados ao redor do mundo, os óbitos do trânsito brasileiro se destacam. Na guerra do Iraque, por exemplo, que começou em março de 2003, morreram 109 mil pessoas até o final de 2009, segundo documentos do governo americano obtidos pelo WikiLeaks.


"Faltam legislação adequada, educação no trânsito e fiscalização", disse à BBC Brasil Julio Jacobo Waiselfisz, diretor de pesquisa do Instituto Sangari e autor do estudo. Só assim, explica ele, é possível dar conta da pressão do aumento da frota.

Massacre de motociclistas

No período estudado, as mortes em acidades com motos explodiram: o aumento foi de 754%. As mortes de ciclistas também assustam, com alta de 308%.


No caso das motos, o estudo destaca que o risco de morte cresceu mais do que a frota desse tipo de veículo no país, afetando principalmente a população entre 18 e 24 anos do sexo masculino.


"Se nada for feito, a tendência é de que essas mortes continuem aumentando, em ritmo de 4% ao ano", diz Waiselfisz. O pesquisador alerta para o risco de um "massacre de motociclistas" até 2015.

(Fernando Leal)

 

ESTÁ AÍ MAIS UMA MATÉRIA PARA DEIXAR QUALQUER CIDADÃO CIVILIZADO COM VERGONHA, PELOS NÚMEROS APRESENTADOS E DISFARÇADAMENTE CULPANDO OS MOTOQUEIROS PELAS MORTES DELES MESMOS.

EM 1º LUGAR QUERO DEIXAR BEM CLARO QUE NÃO SOU MOTOCICLISTA, MOTOQUEIRO OU NADA SEMELHANTE E, NUNCA NA VIDA ME PASSOU PELA CABEÇA EM TER UMA MOTO.

É SABIDO DE MUITOS QUE TOMAM NOTAS DOS FATOS DIÁRIOS QUE, EXISTE SIM UMA GUERRA DECLARADA ENTRE CARROS E MOTOS DESDE QUE AS FROTAS TIVERAM O AUMENTO MONSTRUOSO NOS ÚLTIMOS ANOS. E A CONVERSA É SEMPRE A MESMA; O CULPADO É O MOTOQUEIRO PORQUE ANDA NO CORREDOR, PORQUE É IRRESPONSÁVEL E BLA BLA BLA, BLA BLA BLA.

EM PARTES TENHO QUE CONCORDAR SIM, QUE EXISTEM MUITOS IRRESPONSÁVEIS PORÉM NÃO SÃO ELES OS MOTOQUEIROS OU MOTOCICLISTAS, OS MAIORES CULPADOS.

A ALGUNS ANOS  ATRÁS TRABALHEI COM MICRO-ÔNIBUS E, NUNCA TIVE PROBLEMA COM MOTOQUEIRO PORÉM, COMO ANDAVA POR CIMA LITERALMENTE (JÁ QUE O CARRO É BEM MAIS ALTO), VI MUITO CARRO PEQUENO FECHANDO MOTOQUEIRO, OU POR FALTA DE ATENÇÃO, POR PURA MALDADE OU POR DESCONTROLE DO VEÍCULO (O MOTORISTA SIMPLESMENTE NÃO CONSEGUIA ANDAR NA SUA FAIXA SEM COMER A FAIXA LATERAL OU ZIGUE-ZAGUEANDO POR ELA). ISSO ERA ALGO QUE A MIM TAMBÉM IRRITAVA POIS, QUANTAS VEZES FIQUEI PRESO NA MINHA FAIXA ENQUANTO O CARRO DA FRENTE SE DISTÂNCIAVA, POR QUE O CIDADÃO DO LADO SIMPLESMENTE RESOLVIA QUE 1 FAIXA DE ROLAMENTO SOMENTE ERA POUCO PARA ELE, E ISSO, PORQUE ELE ESTAVA EM UM CARRO BEM MENOR QUE O MEU (ONDE MAIS ACONTECIA ISSO ERA NA RADIAL LESTE E PRÓXIMO AO AEROPORTO DE CONGONHAS).

A VERDADE É QUE, COM O AUMENTO DA FROTA, QUEM NEM PERTO QUER PASSAR DO TRANSPORTE PÚBLICO E NÃO ABRE MÃO DO SEU CARRO, ACHA QUE O ESPAÇO DEVE SER SÓ PARA OS CARROS, NÃO QUER DIVIDIR, ACHA QUE O ESPAÇO É SÓ DELE E DE SEU MUNDINHO (INTERIOR DO VEÍCULO). NA VERDADE, É CADA UM POR SI E DEUS POR NINGUÉM (PORQUE DEUS NÃO É EGOÍSTA NEM EGOCÊNTRICO).

EU POSTEI ANTERIORMENTE EM OUTRO BLOG ONDE A PAUTA ERAM OS CAMINHÕES (OUTRO VILÃO FICTÍCIO), FAZENDO CRÍTICAS AS RESTRIÇÕES IMPOSTAS PELA PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO E, DENTRO DE MEU RACIOCÍCIO TERMINEI DIZENDO O SEGUINTE:

“EU GOSTARIA REALMENTE QUE OS MOTOQUEIROS FIZESSEM EM SÃO PAULO, POR PELO MENOS 1 MÊS, O QUE MANDA A LEI; OCUPAR O ESPAÇO DE 1 VEÍCULO. MAS TAMBÉM GOSTARIA QUE HOUVESSE POLÍCIA SUFICIENTE PARA MULTAR OS VEÍCULOS DE PASSEIO QUE NÃO RESPEITASSEM A DISTÂNCIA DE SEGURANÇA (JÁ QUE AQUI TODO MUNDO AMA ANDAR COLADO NA TRASEIRA). DEPOIS DISSO, QUE TODOS OS CAMINHONEIROS E EMPRESAS DE TRANSPORTE BOICOTASSEM A CIDADE DE SÃO PAULO DE MODO A NÃO REALIZAR NENHUM TIPO DE ENTREGA (JÁ QUE OS CAMINHÕES ATRAPALHAM O TRÂNSITO). E POR ÚLTIMO, AS EMPRESAS DE ÔNIBUS DE TURISMO QUE TAMBÉM FAZIAM O FRETAMENTO (VILÃO QUE FOI CASSADO ATÉ A QUASE PLENA EXTINSÃO) BOICOTANDO O TURISMO, AS FEIRAS, OS EVENTOS QUE MOVIMENTAM MUITAS ÁREAS DA CIDADE.”

AÍ EU QUERIA VER, ESSES MESMOS MOTORISTAS CHORAREM POR TEREM PERDIDO SEUS EMPREGOS PELA FALTA DE TURISTAS OU PELA FALTA DE MERCADORIAS OU MATÉRIA PRIMA DA QUAL SUAS EMPRESAS DEPENDIAM MAS QUE, POR CAUSA DOS BOICOTES, TIVESSEM QUE REDUZIR SEUS CUSTOS CORTANDO FUNCIONÁRIOS OU ATÉ MESMO SAINDO DA CIDADE PELA IMPOSSIBILIDADE DE CONTINUAR TRABALHANDO AQUI.

A GUERRA CITADA NO JORNAL DESTAK EXISTE SIM, E FOI DECLARADA POR QUEM TEM INVEJA DE VER AS MOTOS PASSANDO ENQUANTO ELES FICAM HORAS E HORAS PARADOS EM ALGO QUE ELES MESMOS CRIARAM, O TRÂNSITO.

PARABÉNS A ALEXANDRE AFONSO PELO COMENTÁRIO DEIXADO NA MATÉRIA DO JORNAL. QUANTO AO SR. CARLOS GOMES, BEM, ELE É UM DOS QUE ACHA QUE O ESPAÇO É SÓ PARA OS CARROS.

O QUE EU POSTEI AQUI POUCO TEM HAVER COM O VERDADEIRO SEGUIMENTO DO BLOG. FOI SÓ UMA FORMA DE DESABAFAR POIS, TRABALHAR EM SÃO PAULO COMO MOTORISTA ESTÁ A MUITO TEMPO INSUPORTÁVEL, A PONTO DE DEIXAR MUITO PROFISSIONAL DO TRÂNSITO DOENTE. CONHEÇO COMPANHEIROS DE TRABALHO QUE SOFREM DESDE STRESS (E EU SOU UM) ATÉ SINDROME DO PÂNICO E DEPRESSÃO. E O PIOR É QUE, POUCO OU NENHUM RECONHECIMENTO E VALORIZAÇÃO RECEBEMOS.

DIREITOS DA MATÉRIA: DESTAK JORNAL - SP